domingo, 28 de setembro de 2014

Adversários estão 'tremendo de medo', diz Marina após Datafolha

A candidata do PSB à Presidência da República, Marina SIlva, afirmou neste sábado (27), ao comentar a pesquisa Datafolha (*) divulgada nesta sexta (26), que seus principais adversários estão "tremendo de medo". Marina não teve agenda de campanha, mas concedeu entrevista à imprensa, em São Paulo (SP). "Vocês acham que com dois minutos de TV, com as estruturas que nós temos, andando esse país inteiro de manhã, de tarde e de noite, chegar onde chegamos, vendo os dois maiores partidos e seus auxiliares tremendo de medo, vocês não acham que é para ficar feliz, para comemorar?", disse a candidata. A candidata do PSB à Presidência da República, Marina SIlva, afirmou neste sábado (27), ao comentar a pesquisa Datafolha (*) divulgada nesta sexta (26), que seus principais adversários estão "tremendo de medo". Marina não teve agenda de campanha, mas concedeu entrevista à imprensa, em São Paulo (SP). "Vocês acham que com dois minutos de TV, com as estruturas que nós temos, andando esse país inteiro de manhã, de tarde e de noite, chegar onde chegamos, vendo os dois maiores partidos e seus auxiliares tremendo de medo, vocês não acham que é para ficar feliz, para comemorar?", disse a candidata. A pesquisa mostra que a candidata do PT, Dilma Rousseff, passou de 37% para 40% das intenções de voto; Marina Silva (PSB), de 30% para 27%; e Aécio (PSDB), de 17% para 18%. Durante a entrevista neste sábado, a candidata afirmou que as pesquisas mostram sua campanha em "ascendência" e disse que tanto Dilma como Aécio sabem disso. "E nós sabemos quem é a candidatura descendente, que não disputa o primeiro lugar, disputa o segundo lugar, está disputando o segundo lugar há 12 anos", completou. Indagada sobre se buscará apoio de Aécio Neves em eventual segundo turno contra a candidata do PT à reeleição, Marina Silva acrescentou que só discutirá o assunto após o primeiro turno. A ex-senadora afirmou também que quem deve estar preocupado é "aquele" que gostaria de disputar o segundo turno, mas está em terceiro lugar nas pesquisas. "Quem tem que estar preocupado com pesquisa, sabe quem é? É aquele que gostaria de estar no segundo lugar e ir para o segundo turno e até agora não saiu do terceiro lugar e quem está no primeiro lugar, segundo as pesquisas, e gostaria de não ter segundo turno e sabe que vai ter segundo turno", disse a candidata do PSB. Na entrevista em São Paulo, Marina criticou a estratégia de seus principais adversários na corrida presidencial e afirmou que PT e PSDB estão juntos "na mesma artilharia" contra ela. A candidata do PSB disse ainda que a polarização entre os partidos foi quebrada pela sociedade brasileira. "Eu nunca imaginei que eles [PT e PSDB] fossem se juntar. Eles gostam tanto da polarização e se acostumaram tanto a fazer o plebiscito, que, pela primeira vez na história desse país, o PT e o PSDB estão juntos na mesma artilharia nos combatendo, inconformados com o fato da sociedade brasileira, com base num programa, e um grupo de partidos que acreditam em um conjunto de ideias e de propostas, terem quebrado a polarização", concluiu. (*) O Datafolha ouviu 11.474 eleitores em 402 municípios nos dias 25 e 26 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00782/2014.

Adolescente que atirou e matou segurança tinha em casa materiais de contrabando e pirataria

O adolescente que atirou e matou um segurança do Rancho Brasil na madrugada deste domingo (28), na Avenida das Torres, em Curitiba, tinha materiais ilícitos e de contrabando dentro de casa. A Polícia Militar (PM) apreendeu 730 cds e dvds piratas e 478 fardos de cigarros contrabandeados que estavam no quarto do menino, que mora na Vila Reno, no bairro Uberaba. O garoto de 17 anos se envolveu em uma briga com a namorada, inicialmente identificada apenas como amiga, e atirou contra dois seguranças da casa. Um deles morreu no hospital e o outro continua em estado gravíssimo. Testemunhas e amigos do casal afirmaram que os seguranças interviram na briga quando o adolescente agrediu a namorada com um soco no rosto, próximo ao carro dele. Os disparos foram efetuados de dentro o carro e os seguranças tentaram se defender dos tiros. De acordo com policiais militares, durante a confusão, a placa do veículo Fox, que o adolescente dirigia, foi anotada por outros funcionários da casa. Com o endereço do adolescente, a polícia foi até o local e encontrou os cds, dvds e cigarros. Além disso, uma quantia de R$ 4 mil em dinheiro foi apreendida. O garoto não estava no local. Pouco depois, a viatura da PM conseguiu localizá-lo na BR-277 e iniciou uma perseguição. O adolescente perdeu o controle do veículo que estava e capotou em uma alça de acesso. Diferente do que teria dito no local, o casal teve ferimentos e foi levado a hospitais de Curitiba, mas sem gravidade. Com ele, a polícia encontrou uma identidade falsa. Para frequentar baladas e casas noturnas, o adolescente adulterou o documento de identidade. Na carteira do RG, a data de nascimento era do dia 03 de janeiro de 1994, assim com 20 anos completos. Ele recebeu atendimento médico e foi encaminhado diretamente para a Delegacia do Adolescente. “Ele já tinha antecedentes de atos infracionais por contrabando e tentativa de homicídio. Está apreendido nesse momento e todos os envolvidos serão ouvidos para apurar os fatos”, disse a delegada Paula Brizola à Banda B. O Hospital Cajuru confirmou a morte do segurança Roberto Adão Delfino Sobrinho às 6h20, cerca de uma hora e meia após o internamento. Já Diego Wilson dos Reis está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado gravíssimo. O adolescente pode responder, ao todo, por 8 crimes: lesão corporal, desacato a autoridade, violência doméstica, homicídio, tentativa de homicídio, descaminho e violação de direitos autorais, direção inabilitada e falsificação de documentos.

Tiririca, Maluf e Feliciano lideram pesquisa em São Paulo

Após receber mais de 1,3 milhão de votos nas eleições de 2010 e ter ganhado todo o tempo de seu partido no horário eleitoral em São Paulo, o humorista Tiririca (PR) aparece novamente entre os primeiros lugares na lista dos candidatos mais lembrados. O Pastor Marco Feliciano (PSC), que teve seu nome projetado nacionalmente pelas posições ultraconservadoras na presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, também está entre no top cinco. Celso Russomanno (PRB), que surpreendeu na disputa da prefeitura de São Paulo em 2012; Paulo Maluf (PP), que pode ter a candidatura barrada pela lei da Ficha Limpa; e Baleia Rossi (PMDB), filho do ex-ministro da Agricultura Wagner Rossi, completam a relação de nomes. Rio de Janeiro Já na disputa fluminense, a filha do ex-governador (e atual candidato) Anthony Garotinho (PR), Clarissa Garotinho (PR), está entre as cabeças ao lado do polêmico Jair Bolsonaro (PP), conhecido por suas declarações de apoio à ditadura militar e contra políticas para os homossexuais. Os peemedebistas Leonardo Picciani, Eduardo Cunha e Washington Reis completam a lista de deputados federais com mais intenções de voto no estado.

sábado, 27 de setembro de 2014

Thiago de Jesus

sábado, 20 de setembro de 2014

Ao vivo: Jornalista da Record deixa apresentador do Hoje em Dia constrangido

Uma situação constrangedora aconteceu durante a transmissão de um programa em rede nacional na Record, quando a jornalista Carla Cecato cometeu uma gafe ao sugerir ao colega de emissora Celso Zucatelli que reaplicasse botox na testa. A gafe aconteceu nesta terça (18), quando ocorria a transição entre os programas Hoje em Dia e Fala Brasil, na Rede Record. Após uma reportagem sobre tratamentos estéticos e toxina botulínica transmitida no Hoje em Dia, o apresentador perguntou a Carla Cecato e Roberta Piza se elas já fizeram aplicações de botox. Aos risos, as duas garantiram que não e perguntaram ao colega de emissora se ele já havia feito o procedimento. Zucatelli confirmou e franziu a testa para mostrar os resultados do tratamento estético. Carla Cecato riu da situação e brincou com o apresentador: "Mas está precisando fazer de novo", disse. Constrangido, Zucatelli reconheceu que o botox extava falho e que precisaria de nova aplicação. Diante da situação, Cecato ficou envergonhada e pediu desculpas ao apresentador.

Ibope mostra crescimento de Richa e Requião, mas tucano pode vencer no primeiro turno

Pesquisa Ibope divulgada na noite desta sexta-feira (19) aponta Beto Richa (PSDB) com 47% das intenções de voto, contra 30% de Roberto Requião (PMDB) na corrida ao Palácio Iguaçu. Se considerarmos a margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, o candidato à reeleição poderia vencer as eleições já no primeiro turno. A pesquisa foi encomendada pela RPC TV. Gleisi Hoffmann (PT) aparece no levantamento com 12% e Ogier Buchi (PRP), com 1%. Os demais candidatos, Bernardo Pilotto (PSOL), Geonisio Marinho (PRTB), Rodrigo Tomazini (PSTU) e Tulio Bandeira (PTC) não somaram 1%. Este é o terceiro levantamento feito pelo Ipope à eleição estadual. No levantamento anterior do instituto, Beto Richa tinha 44%, Requião, 28%, e Gleisi, 14%. Entre uma pesquisa e outra, a taxa de indecisos passou de 7% para 5%, e a de quem pretende votar branco ou nulo caiu de 5% para 4%. O levantamento indica ainda que, em um eventual segundo turno entre Richa e Requião, o tucano teria 54%, e Requião 36%. A pesquisa foi realizada entre os dias 16 a 18 de setembro. Foram entrevistadas 1.204 pessoas em 67 municípios. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) sob o número 00037/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR- 00685/2014. Fonte: Banda B