quarta-feira, 24 de junho de 2015

Morre cantor Cristiano Araujo

O cantor goiano Cristiano Araújo, de 29 anos, e a namorada dele, Allana Coelho Pinto de Moraes, de 19, morreram na manhã desta quarta-feira (24) após um acidente de carro na BR-153, no km 614, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, em Goiás. O Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), para onde ele foi transferido, e a assessoria de imprensa do sertanejo confirmaram a informação às 8h30. Já a morte de Allana foi confirmada pelo empresário do cantor, Antônio Pereira dos Santos. "O corpo dela foi levado ao IML [Instituto Médico Legal] de Morrinhos e os familiares foram ao local para a liberação", disse ao G1. Segundo o Corpo de Bombeiros, o sertanejo voltava de um show em Itumbiara, no sul do estado, por volta das 3h30, quando veículo em que ele estava, um Range Rover, saiu da pista e capotou. O cantor chegou a ser socorrido (veja vídeo abaixo) ao Hospital Municipal de Morrinhos e depois transferido em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Móvel até a capital. Em seguida, seguiu de helicóptero até o Hugo, mas não resistiu.
Além do cantor e da namorada, outras duas pessoas estavam no carro, sendo outro empresário e o motorista. Segundo os bombeiros, eles sofreram ferimentos leves e também foram encaminhados a um hospital na capital. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que as causas do acidente ainda são apuradas. “Fizemos um levantamento no veículo, que é do ano de 2015, e ele estava em perfeitas condições. A suspeita inicial é que o motorista tenha dormido ao volante, mas tudo isso ainda é devidamente apurado”, afirmou o inspetor Newton Moraes. Segundo o Antônio Pereira dos Santos, o cantor costumava viajar com um motorista particular para que "pudesse dormir após o show e não precisasse dirigir". Ele ressaltou, ainda, que o condutor "é experiente e acostumado a guiar de madrugada". A assessoria de imprensa do cantor informou que o velório será realizado no Ginásio Goiânia Arena, na capital. O horário ainda não foi definido, pois depende da liberação do corpo do sertanejo. Shows Na última terça-feira (23), o cantor publicou em sua página no Instagram uma mensagem dizendo que estava partindo da Bahia, ao lado na namorada, com destino a Itumbiara. Após o acidente, muitos fãs comentaram na imagem sobre o ocorrido e mandam mensagens de solidariedade ao cantor. O próximo show de Cristiano Araújo estava marcadado para acontecer na noite desta quarta-feira em Caruaru, em Pernambuco. No sábado (27), ele se apresentaria na Praia de Iracema, em Fortaleza, no Ceará. Trajetória O goiano foi "cantor por natureza" já que a música está há quatro gerações na sua família, desde seus bisavós, avós, pais e tios. Segundo o perfil de seu site oficial, aos seis anos ele ganhou seu primeiro violão, no qual fez seus primeiros acordes, e aos nove, começou a se apresentar em público. Aos 10 anos fez sua primeira composição e aos 13, gravou seu primeiro CD com cinco músicas. Continuou com sua carreira solo até os 17 anos, quando resolveu cantar em duplas, em um período que durou cerca de seis anos. Em 2010, resolveu seguir de fato carreira solo, preparando a gravação de CD e DVD com participações de vários artistas. Em janeiro de 2011, o projeto foi concretizado, com a ajuda de grandes cantores e amigos, como Jorge (da dupla Jorge e Mateus), Gusttavo Lima, Humberto e Ronaldo, entre outros. Foi aí que ele estourou em 2011, com a música "Efeitos", gravada com o também sertanejo Jorge, da dupla Jorge e Matheus.

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Bispo da Record proíbe biquíni e quase veta “Banheira do Gugu”

“Banheira do Gugu” ganhou o nome de “Prova da Banheira” em nova versão (Reprodução/Rede Record) O retorno da “Banheira do Gugu” na última quinta-feira (28) foi um dos assuntos mais comentados na internet. Porém, a Record recebeu críticas por ter feito uma versão mais comportado do quadro, que ficou famoso no “Domingo Legal”, do SBT, na década de 1990. De acordo com o jornal “Extra”, a brincadeira quase foi cancelada minutos antes de ir ao ar no programa “Gugu”. No entanto, como a atração é feita na produtora do apresentador a situação foi abafada. Isso porque um bispo da Record mandou uma ordem solicitando que a “Prova da Banheira”, como foi chamada nesta nova versão, fosse menos erótica. Desta forma, as participantes usaram short ao invés de biquíni para seguir o pedido do executivo. Denise Rocha, 31, que participou do quadro, comentou o assunto para a publicação carioca. “Tivemos que usar short por um pedido da emissora”, conta. “Apesar de estar toda roxa, foi divertido. Voltaria a participar”, afirma a advogada.

Mãe e filha sofrem com horríveis queimaduras no rosto após misterioso ataque de ácido

Rokeya Begum de, 45 anos, e sua filha Sabıkun Nahar, de 25, sofreram queimaduras horríveis no rosto e pescoço depois que um invasor desconhecido jogou ácido sobre elas através de uma janela aberta da casa em que moravam, neste sábado (30), em Bangladesh Mãe e filha foram levadas ao hospital depois do inesperado ataque, e Nahar foi diagnosticada com um ferimento grave e incapaz de abrir um dos olhos Próxima A maioria dos ataques com ácido ocorre na Índia, Bangladesh, Paquistão, Camboja, Nepal e Uganda, e as mulheres são mais propensas a serem atingidas do que os homens Nos últimos 15 anos, o país tem sido assolado por ataques semelhantes, com cerca de 3.000 incidentes relatados desde 1999

Mãe Mata filha de 2 anos em Goiás

Rosana chamou a polícia após asfixiar a filha e tentou mentir em depoimento, alegando que deitou-se sobre a criança; confrontada pelos agentes, que perceberam que a menina estava com os braços para cima como quem tentava se defender, a suspeita confessou o crime Uma mulher foi presa na madrugada do último sábado (30), suspeita de matar asfixiada a própria filha de 2 anos. O crime ocorreu em Anápolis, no interior de Goiás. As informações são do jornal Extra. De acordo a Polícia Militar, Rosana Nascimento, de 28 anos, deu um remédio de uso controlado para a menina, Kathlin Sofia Nascimento, e depois a asfixiou com uma almofada. Em seguida, a própria Rosana chamou a polícia. Quando os agentes chegaram ao local, na casa onde as duas viviam no bairro Alfredo Abraão, encontraram a criança ainda com vida, mas a garota morreu antes da chegada do Samu. Segundo a delegada da Central de Flagrantes de Anápolis, Maísa Pesarini, a suspeita permaneceu calada durante interrogatório e não revelou a motivação do crime. "Ela mesmo chamou a Polícia Militar. Quando os policiais chegaram ao local, ela afirmou que havia se deitado sobre a criança e a asfixiado. Depois, os agentes verificaram que a criança estava com os braços para cima, como quem tentava se defender, e perguntaram de novo. Ela admitiu que pegou uma almofada e asfixiou a criança e contou ainda que tentou cortar o pulso da filha", explicou a delegada, confirmando que havia um pequeno corte no pulso esquerdo da criança, mas que não foram encontradas manchas de sangue no local. Leia mais em: http://zip.net/bsrmjT

terça-feira, 26 de maio de 2015

Silas Malafaia e Lula uma briga de gigantes assista os videos

Antes do direto no fígado que consumou o nocaute, o pastor evangélico Silas Malafaia atacou sem clemência outro flanco exposto de Lula: o descompromisso com a verdade. Evocando um trecho da Bíblia, Malafaia afirmou que a única coisa efetivamente criada pelo demônio é a mentira. E soltou o cruzado no queixo: “Quando o homem mente descaradamente ele se parece com o diabo. Lula: que tal você falar a verdade e deixar de enganar o povo brasileiro?” Sem chance, informa o vídeo do Exilado.TV que registra um trecho da conversa entre o ex-presidente e blogueiros estatizados. Malafaia pode esperar sentado que o pecador militante conte a verdade. Por dois motivos. Primeiro: Lula teria de ficar alguns anos acampado no confessionário se decidisse confiar a alguém todas as mentiras que contou. Segundo: mentiroso de nascença não resiste à tentação de tapear até o confessor.

Hospital deixa paciente morrer pra atender Angelica e Huck

“Eu aplaudo a rapidez e só quero que esse tratamento seja dado para todos os pacientes, mas o critério que foi usado para eles, posso garantir, não é o mesmo usado para quem precisa e alguém tem que defender o pobre nesse País” disse o coordenador O atendimento VIP dado à família dos apresentadores Angélica e Luciano Huck por equipe médica da Santa Casa de Campo Grande/MS revoltou o coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Eduardo Cury. De acordo com Cury, o mesmo atendimento não é prestado aos pacientes de Campo Grande e, tanto é verdade, que atualmente cinco pessoas estão em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) aguardando leitos na Santa Casa. “ A única coisa que peço é que o tratamento dado à família do Huck seja dado a todos os pacientes. Quando levamos pacientes para o hospital, não podemos descer o paciente. Um enfermeiro deve fazer a classificação de risco e avaliar se desce ou não com o paciente. O que me revoltou muito é que temos cinco pacientes esperando leitos”, explicou Eduardo Cury. PACIENTE INFARTOU O coordenador do Samu contou o caso da paciente Celina, 53 anos, que sofreu infarto e, desde sábado (23), aguardava por um leito. “Procuramos leitos pelas unidades e a Santa Casa nos informou que não tinha aparelho respiratório, mas fecharam o CTI de transplante cardíaco para colocar a família global porque estava sendo assediada”, criticou. Eduardo Cury disse ainda que o Samu conseguiu levar a paciente Celina para o Hospital Universitário ontem à tarde, no mesmo horário que estava sendo atendida a família global na Santa Casa e, uma hora depois, ela faleceu. “Não posso afirmar que se ela tivesse ido com mais antecedência seria salva, mas também não posso raciocinar assim. Tenho que oferecer os melhores serviços no menor tempo possível.”, destacou. “Se não tem pacientes de alta complexidade, eu levaria nas ambulâncias do Samu, com maior prazer, para os hospitais particulares de Campo Grande”, contou o médico, afirmando que, em condições normais, os pacientes devem ser regulados pelo Samu e essa fila não pode ser furada. EXAMES ULTRA RÁPIDOS O coordenador do Samu ressaltou que Luciano e Angélica fizeram tomografia computadorizada e outros exames, que tiveram os resultados disponíveis em duas horas. “Quando levo paciente acidentado para lá, algumas famílias me ligam porque não têm o resultado dos exames. “Eu aplaudo a rapidez e só quero que esse tratamento seja dado para todos os pacientes, mas o critério que foi usado para eles, posso garantir, não é o mesmo usado para quem precisa e alguém tem que defender o pobre nesse País”, criticou. Eduardo Cury reclamou, ainda, que quando equipe do Samu chega com paciente na Santa Casa, o hospital demora até duas horas para liberar os socorristas, sob a alegação de que faltam funcionários no local. “Mas para o Luciano Huck não faltou nada”, observou o coordenador, frisando que denunciará o caso ao Conselho Municipal de Saúde.